• Manuela Vinagre

Como se preparar para entrevistas

Entrevista.


Todos ficam felizes quando surge uma, não é mesmo? Mas como você age e reage a ela? Faz pesquisa sobre a empresa que te chamou? Alinhou seu perfil com o da vaga que se aplicou? Fica tranquilo ou nervoso no dia? Até aqui vocês já devem ter se reconhecido, mas fica aqui e saca só essas dicas.

Quando vejo uma vaga, antes de mais nada, procuro alinhar o meu currículo as especificações solicitadas pela empresa. Nada de mentir, só realçar seus conhecimentos e suas habilidades pessoais de forma bem direcionada para a vaga em questão. Aposto que agora está se perguntando:

Mais eu tenho que fazer um CV para cada vaga que eu vir?

Minha resposta será um SIM em Caps Lock!

Bom, praticamente sim. Óbvio que terão vagas similares e talvez consiga reutilizar algum currículo.


Uma vez enviado o currículo, a empresa entre em contato para agendar aquela entrevista marota. Agora é com você, faça seu dever de casa.

  1. Estar com o LinkedIn preenchido e conciso. Ter recomendações é ótimo, se precisar, peça a seus colegas.

  2. Entrar no site da empresa e destrinchá-lo. Ler missão, visão e valores são de suma importância pois aí pode estar a resposta para uma das perguntas mais feitas em entrevista que é a famosa “Por que você quer trabalhar para nós?”. Se você leu os pilares da empresa pode fazer menção a eles, isso salta aos olhos do recrutador porque ele percebe que o dever de casa foi feito.

  3. Olhar suas mídias sociais, ler últimas postagens ou assistir a vídeos. No LinkedIn é interessante interagir com as postagens da empresa.

  4. Agora é hora de se preparar, ‘vender seu peixe’! Você se conhece melhor do que o recrutador, use e abuse disso! Descreva quem é você. Mas tenha em mente que aqui o entrevistador quer conhecer seu lado profissional. Se preciso escreva em um papel para ordenar melhor seus pensamentos. Treine na frente do espelho. Ao falar, seja firme.

  5. Pesquise sobre as perguntas mais comuns em entrevistas. É clichê mas funciona. Nesse site, que está inglês (olha a oportunidade de agendar seu TNT hein?!), existem 125 perguntas e umas dicas de como respondê-las, mas é necessário transpor isso ao seu cenário.

  6. Por falar em inglês, caso possua noção de uma segunda língua, coloque sempre o seu verdadeiro nível de proficiência. Muitas empresas costumam realizar entrevistas inteiras ou parte delas no idioma solicitado na vaga para testar os conhecimentos dos candidatos. Por isso, se você não se sente completamente seguro para realizar uma entrevista em inglês, a Ih, Aprendi! tem um curso voltado para esse fim que te dará mais confiança quando essa hora chegar.

  7. Correr para o abraço.


As perguntas que mais me fizeram até hoje foram:

Chegou o dia. Como você se sente?

  1. Tranquilo, é só mais uma entrevista.

  2. Me acode, estou a flor da pele!

Eu sou a número 2, muito embora na minha última entrevista consegui ser 60% tranquila e 40% a flor da pele e vou te contar como isso aconteceu. Eu me preparei como nunca antes, dediquei tempo estudando várias perguntas e ensaiando como respondê-las. Antes da entrevista meditei (tem TNT de meditação sabia?) e fiz exercícios de respiração. Precisamos adicionar o fato de que entrevista remota nos deixa bem mais a vontade porque estamos em nossas casas! Mas vista-se como se fosse para uma entrevista presencial!


Agora se você é o número 1, tem toda minha reverência e saiba que é minha meta de vida!


Tranquilidade faz TODA a diferença!

E antes de terminar esse texto darei mais uma pequena dica que é:

NÃO CRIEM EXPECTATIVAS!

Porque quando cria-se expectativas e aquele famoso e-mail “Obrigada pela sua participação em nosso processo seletivo.” chega na sua caixa de entrada, a chance de se frustar é enorme, podendo te deixar desanimado e achando que não é bom o suficiente.


Todos somos bons, mas estamos passando por uma fase onde a taxa de desemprego subiu para 13,3% o que representa 12,8 milhões de pessoas em busca de recolocação profissional. Não se deixe abater, enquanto isso busque se profissionalizar mais, contudo não se cobrem tanto porque tem dias que não estamos bem e isso é perfeitamente normal. Existem várias plataformas que você consegue estudar de forma gratuita ou a um preço bem em conta, explore essas oportunidades. Aliás, esse texto que está lendo, está em uma dessas plataformas, então use sem moderação!


#ihaprendi #entrevistadeemprego #vagasdeemprego